Ministério com Crianças

Archive for the ‘REVISTAS CPAD’ Category

MAIS SUBSÍDIOS PARA OS PROFESSORES – Primários – 7 e 8 anos – 1º Domingo

Texto Bíblico: Gn. 3.1-24

Objetivo:

  • Ministre sua aula de forma a conduzir os pequenos a entender que devido ao pecado, toda a humanidade precisa de um Salvador, para que seja religada a nossa comunhão com Deus.

Frase do dia…
TODOS PECARAM

Professor (a) escreva essa frase de forma nítida e grande. Poderá ser com régua de letras em cartolina, ou então com colagem, como melhor lhe parecer.

Com o cartaz, leia a frase com eles, peça que repitam, em seguida pergunte:
__ Vocês sabem o que é pecado? (espere que respondam), depois você explica – são as coisas que fazemos erradas. Por exemplo, quando desobedecemos a mamãe, quando mentimos, quando brigamos com nossos amiguinhos, ou seja, pecar é desobedecer os mandamentos de Deus e também desobedecer (infringir) as leis do país em que vivemos. É fazer coisas ruins.

O pecado desagrada a Deus e vocês sabem por quê? Porque nos causa males, tristezas e sofrimentos. E como Deus nos ama muuuuito, muuuuito mesmo, ELE não quer que sofremos por isso fica triste quando cometemos alguns pecado, porque ELE sabe que teremos problemas e ficaremos infelizes.

 

Memória em ação
“Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus.” (Rm 3.23 – NTLH)

Devemos ensinar a memorização de versículos para que a criança aprenda e acostume-se a usar a Palavra de Deus. Faça-os repetir o versículo para melhor memorização.

Além da sugestão da revista de mestre, pode usar essa atividade abaixo:

QUADRO COM BANDEJA DE ISOPOR

MATERIAL
1. Duas bandejas de isopor
2. Canetinhas coloridas
4. Um pedaço de elástico bem fininho
5. Cola colorida

COMO FAZER
1. Escreva partes do versículo em duas bandejas com canetinha colorida.
3. Com a cola colorida, faça a moldura do quadro.
4. Faça um furo de cada lado da bandeja para passar o elástico. Passe uma ponta do elástico em cada furo, dando um nó para não sair.
5. Agora é só pendurar o quadro pelo elástico.

 

Explorando a Bíblia
Adão e Eva foram as primeiras pessoas da terra. Deus os criou e colocou em um lindo jardim.
Adão disse a Eva que Deus havia feito aquele jardim para eles morarem. Eles poderiam comer tudo o que quisessem, menos a fruta de uma árvore, chamada “árvore do conhecimento do bem e do mal”.

Adão e Eva viviam felizes e tranqüilos no jardim do Éden até que um dia aconteceu uma coisa terrível…
Certo dia, Eva estava colhendo frutas no jardim quando, ao passar pela árvore proibida, a serpente a chamou.

A serpente disse a Eva que a fruta daquela árvore era muito gostosa e que deveria prová-la para sentir o sabor. Eva disse á serpente que Deus havia proibido ela e Adão de comerem essa fruta. Se comesse teria grandes problemas.
Para convencer Eva, a serpente lhe falou que, se comesse a fruta, ela ficaria mais esperta e inteligente, como Deus.
Apenas uma mordidinha, disse a serpente, você precisa experimentar, esta fruta tem um sabor incrível!

Eva não resistiu mais, pegou uma fruta da árvore e mordeu-a.
Eva foi logo procurar Adão e lhe contou que havia experimentado a fruta da árvore proibida, e que era muito gostosa.
No princípio, Adão não quis provar, mas Eva disse que comera a fruta e nada lhe aconteceu. Tanto Eva insistiu que Adão acabou comendo a fruta também.

De repente, Adão e Eva perceberam que estavam despidos e, envergonhados, se esconderam rapidinho atrás dos arbustos.
Só tiveram coragem de aparecer de novo depois que se vestiram com algumas folhas que apanharam da videira.
Quando Deus chegou, Adão e Eva desconfiaram que haviam se metido numa grande encrenca e ficaram morrendo de medo e se esconderam

Deus perguntou se eles tinham comido a fruta da árvore proibida. Adão respondeu que sim, mas a culpa era de Eva, que havia insistido com ele.
E Eva pôs a culpa na serpente, que a tentou.
De nada adiantaram as desculpas. Deus estava muito triste por terem desobedecido.
Por isso tiveram de sair do jardim, não podiam mais ficar juntinho de Deus, porque o pecado nos separa Dele.

Mas o Deus que é bondoso, apesar de ter ficado muito triste com a desobediência de Adão e Eva, os amava muito. Então fez uma promessa a eles e a toda a humanidade:
“Um dia, eu vou mandar meu filho ao mundo. Ele vos salvará do pecado e ajudará as pessoas a voltarem a viver comigo.”

Lá fora do jardim eles teriam de trabalhar duro e saberiam o que era sentir dor. Deus colocou um anjo com uma espada flamejante na entrada do jardim para que Adão e Eva jamais pudessem voltar.
E assim começou a nova vida de Adão e Eva fora do jardim do Éden. Depois daquele dia, passaram a ter momentos de alegria e de tristeza, sentiram fome e tiveram de trabalhar para conseguir seu alimento.

Mesmo não podendo voltar para o jardim, Deus nunca os abandonou, pois Adão e Eva tinham sido criados por Ele. Por isso havia a maravilhosa promessa de enviar um Salvador que salvaria a todos os descendentes de Adão e Eva de seus pecados.

 

Oficina criativa
Amplie o desenho para os pequenos pintarem. Você poderá levar tiras de cartolina, ou outro papel colorido, para moldurar o desenho, orientando-os a fazer um quadro.


Imagem: http://2.bp.blogspot.com/_6LFDxcrv9og/S8_BUSBLJvI/AAAAAAAAAEM/8HJVWgmmfVw/s1600/adao+e+eva+com+um+pasarinho.jpg

Anúncios

SUBSÍDIOS PARA OS PROFESSORES – Juniores – 9 a 11 anos – 1º domingo

Caro professor,

Além dos arquivos que irão receber, utilizem mais esse subsídio para a preparação da aula.

Jesus é o Mestre dos mestres

Texto Bíblico: Lucas 2.40-52

Como verdadeiro homem, Jesus experimentou o crescimento físico e mental. Crescia em sabedoria conforme a graça de Deus. Era perfeito quanto à natureza humana, prosseguindo para a maturidade, segundo a vontade de Deus.

Segundo o evangelho de Lucas, Jesus aos doze anos de idade compareceu com a sua família à Festa da Páscoaem Jerusalém. Afesta durou sete dias. Jesus teve, evidentemente, uma considerável liberdade durante esses dias. Ele deve ter conhecido os planos para a viagem de volta. Então seus pais supuseram que Ele estivesse em algum lugar no meio da multidão de pessoas, que juntamente com eles, estavam voltando para casa. Duas coisas poderiam justificar essa liberdade que Ele teve. A primeira é o fato de que os meninos – como também as meninas – na Palestina são muito mais maduros ao doze anos de idade do que na Europa do norte ou no Ocidente. A segunda é a confiança que José e Maria indubitavelmente depositavam nEle e no seu julgamento. A confiança deles era suficientemente grande para permitir que viajassem um dia inteiro antes de se preocuparem.

Depois de ficarem alarmados, primeiramente o procuraram entre os parentes e os conhecidos que estavam viajando na mesma direção. Somente depois que essa busca tornou-se infrutífera, é que eles voltaram a Jerusalém para procurá-lo. Encontraram Jesus assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os, não eram médicos, mas sim doutores da Lei. Eram rabinos ou professores. Esses grupos de discussão eram comuns, e talvez algumas vezes os meninos pudessem ser ouvintes. Mas aqui Jesus não era um espectador interessado; Ele era um participante e todos os que o ouviam admiraram-se de sua inteligência. Ele não estava apenas fazendo perguntas, como faria um discípulo, mas também dando respostas (como uma autoridade).

Boa idéia!

 

Você vai precisar de uma cartolina branca ou quadro-de-giz, caneta hidrográfica ou giz e apagador.

Escreva na cartolina ou no quadro-de-giz o nome de Jesus. Depois, solicite às crianças que escrevam dizeres que exaltem o nome de Jesus.

Bibliografia

Bíblia de Estudo Pentecostal

EARLE,Ralph. Comentário Bíblico Beacon. V.6, p.378, 1 ed. Rio de Janeiro: CPAD2006

SUBSÍDIOS PARA OS PROFESSORES – Primários – 7 e 8 anos – 1º domingo

Caro professor,

Utilize mais esse recurso para preparar sua aula de domingo.

Deus abençoe!

 

Porque precisamos de um Salvador?

Texto Bíblico: Gênesis 3.1-24

“E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; e esta te ferirá a cabeça, e tu lhes ferirás o calcanhar” (Gn 3.15).

O versículo citado acima contém a primeira promessa implícita do plano de Deus para a redenção do mundo. Prediz a vitória final da raça humana e de Deus contra Satanás e o mal. É uma profecia de conflito espiritual entre a “semente” da mulher (o Senhor Jesus Cristo) e a “semente” da serpente (Satanás e seus seguidores). Deus promete aqui, que Cristo nasceria de uma mulher (Is 7.14), e que Ele seria “ferido” ao ser crucificado, porém, ressuscitaria dentre os mortos para destruir completamente Satanás, o pecado e a morte, para salvar a humanidade ( Is 53.5; Mt1.20-23; Jo 12.31;At 26.18; Rm 5.18,19;16.20; 1 Jo3.8; Ap20.10).

Boa ideia!

Você vai precisar de duas folhas de cartolina, tesoura, régua e caneta hidrográfica.

Antecipadamente, desenhe uma cruz em cada cartolina, dentro da cruz escreva o versículo do dia (Romanos 3.23). Depois, recorte as cartolinas aleatoriamente, fazendo um grande quebra-cabeça.

Após ensinar aos pequenos o versículo do dia, divida a classe em dois grupos e lhes entregue o “quebra-cabeça”. A equipe que montá-lo primeiro é a vencedora.

Bibliografia

Bíblia de Estudo Pentecostal

SUBSÍDIOS PARA OS PROFESSORES – JARDIM DE INFÂNCIA – 5 E 6 ANOS – 1º domingo

Caro professor, utilize mais esse subsídio para preparar sua lição para o próximo domingo.

Deus abençoe!

 

Lição 01

Deus promete um Salvador

 

Texto Bíblico: Lucas 1.26-38

I – De professor para professor

Prezado professor, neste domingo o objetivo da lição é que a criança aprenda que Jesus é a promessa de Deus para nós.

  •   A palavra-chave deste domingo é “Promessa”. No decorrer da aula diga: “Jesus é a promessa de Deus para nós”.
  •  Ensine os pequenos que Deus cumpre as suas promessas.

 

II Saiba Mais

 

Quem não gosta de  segurar um bebê? Eles são tão preciosos e macios, com dedinhos pequeninos. Cada nascimento é um milagre, e cada criança é um presente de Deus. Mas, há aproximadamente dois mil anos, o milagre dos milagres aconteceu. Nasceu um bebê que era o filho de Deus. Com um Pai divino e uma mãe humana, Jesus entrou para a história. Pense só – Deus tornou-se um bebê pequenino e indefeso, para nos dar a Salvação Eterna.

Jesus Filho do Homem e o Filho de Deus, glorifique a Deus por enviar seu Filho, e adore-O como Salvador e Senhor.

Texto adaptado da: Bíblia de Aplicação Pessoal do Adolescente, CPAD

III – Conversando com o professor

 

Envolvimento ativo, as crianças aprendem melhor fazendo – usando os cinco sentidos. Aprender requer o envolvimento ativo na lição. As envolvidas em fazer suas próprias descobertas experimentam maior retenção. A participação conduz a mudanças de atitude que, por sua vez, motivam os alunos a aplicar a Bíblia em sua vida.

Trecho extraído do livro: Manual do Ensino para o Educador Cristão

IV – Sugestão

 

Confeccionado um anjo de tubo de papelão.

Você vai precisar de cartolina branca, tubos de papelão, cola branca,tesoura, algodão e canetas hidrográficas.

1º Passo: encape o tubo de papelão com papel ofício.

2º Passo: Desenhe e recorte asas na cartolina.

3º Passo: Solicite que as crianças colem algodão nas asas e fixe-as no tubo.

4º Passo: Peça às crianças que desenhem um rostinho alegre no anjo.

No término da aula, lembre as crianças de que Deus cumpriu a promessa de enviar o Salvador.

Conteúdo adicional para as aulas de Jardim de Infância.
Subsídios para as lições do 1º Trimestre de 2010 – A Vida de Jesus

Revistas CPAD – 2012

Nesse ano, trabalharemos com as Revistas da CPAD na Comunidade da Graça em Bonsucesso – Guarulhos.

Publicarei aqui, semanalmente, subsídios para as Lições de cada semana.

Os irmãos de outras igrejas que queiram usufruir das nossas publicações, fiquem à vontade, mas não deixem de comentar.

Deus abençoe!

 

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: